Francisco Queirós

Francisco Queirós

Francisco Queirós nasceu em Lisboa em 1972. Vive e trabalha em Sintra, Portugal. Estudou pintura na Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Francisco Queirós expõe em individuais e colectivas regularmente, apresentando vídeo, esculturas, instalação e desenhos desde os finais da década de 90.

De entre as suas exposições destacam-se: Yupi, Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto (2003); Yeah, Centre d´Art Santa Monica, Barcelona (2003); O dia em que troquei fazer tudo por não fazer nada, Lisboa 20 Arte Contemporânea, Lisboa (2007); Já viram alguém levar um tiro e não deitar sangue, Lisboa 20 Arte Contemporânea, Lisboa (2009); Meathaus, Museu Bordalo Pinheiro, Lisboa (2009); Nada, Galeria Presença (2010); My body is a rock´n´roll temple, EmptyCube - Appleton Square, Lisbon (2011) and Um dia todos os adultos morrerão, Oldscool, Lisboa (2012), Morri Ontem, Galeria Presença (2013). O seu trabalho encontra-se representado em colecções públicas e privadas, tais como: MACS - Fundação de Serralves, Porto; MNAC - Museu do Chiado, Lisboa; Caixa Geral de Depósitos, Lisboa; CGAC - Centro Galego de Arte Contemporânea, Santiago de Compostela, Espanha; Fundação Ilídio Pinho, Porto; Col. Banco Privado para Serralves, Porto; Col. Fundação PLMJ, Lisboa; Col. PCR, Lisboa.

NEWSLETTER

Join our mailing list to receive updates on new arrivals and much more.

Email: Name: Phone number: Observations:

LOGIN

Please insert your credentials to access Private area.

Password:

In order to access this area, please contact us.

geral@galeriapresenca.pt